contato@liderica.com.br

8 dicas para aliviar o estresse e a tensão evitando dores musculares

Nosso estilo de vida pode, muitas vezes, levar a situações estressantes que resultam em um mesmo problema: dores físicas.

Dores no pescoço e nas costas, por exemplo, são rotina para muitas pessoas, mas não precisa ser assim. Felizmente, há diferentes formas de evitar que esses momentos de tensão se transformem em algo mais sério.

Como aliviar tensões e dores:

1. Aprenda a reconhecer situações de estresse

Aumento da pressão arterial, alteração na respiração, contração muscular e mudança de humor são alguns dos sintomas do estresse¹.

Saber disso é importante para reagir da melhor forma: tentando controlar a situação ao invés de apenas se entregar aos sentimentos. Além disso, fazer uma análise de quais problemas ou atividades do dia a dia geram esses sintomas pode fazer com que a pessoa já as enfrente mais preparada da próxima vez.

2. Crie o hábito de se alongar

A contração muscular gerada pelo estresse é uma grande causadora de nós musculares na região das costas e pescoço, podendo resultar em fortes dores que atrapalham o seu dia inteiro.

Leia Mais  Como expandir sua visão. A panela de óleo.

Quem sofre ou já sofreu com isso sabe como os nós podem atrapalhar nosso rendimento ao longo do dia. O que pode ajudar é o hábito de fazer alongamentos que envolvem o pescoço e costas. Para saber a melhor forma de trabalhar o corpo e não errar nas posições de alongamento, o ideal é consultar um especialista.

3. Aprenda a meditar

Por mais que seja difícil manter a concentração no começo, a prática pode ajudar qualquer pessoa. A meditação é um exercício de auto-observação e por isso pode nos ajudar com as situações estressantes do dia a dia.

Para quem está começando, uma boa ideia é apostar nas meditações guiadas, em que um especialista acompanha a prática, levando à melhor forma de se concentrar. O ideal é esvaziar a mente e focar nas sensações, no próprio corpo, porém no começo é mais complicado “mandar embora” os pensamentos que surgem.

Ler sobre a prática do Mindfulness, ou Atenção Plena, também pode ajudar a pessoa a entender melhor esse processo de análise dos sentidos e dos sentimentos, sem julgamentos, apenas tomando consciência das situações.

Leia Mais  Por que existe o medo de falar em público?

O ritmo da nossa respiração também diz muito sobre nosso corpo e pode, inclusive, indicar que estamos vivendo uma situação estressante. Da mesma forma, controlá-la pode fazer com que nosso corpo se sinta como quando está relaxado.

4. Tenha um hobby

Pintar, dançar, cuidar das plantinhas…É sempre importante dedicar um tempo exclusivamente para fazer algo de que goste muito. Isso mantém a mente focada em estímulos positivos para você, traz mais sensação de prazer e alivia os sintomas de estresse e ansiedade. Vale a pena!

5. Faça alguma atividade física

Um dos benefícios da atividade física é a liberação de endorfina, um hormônio que gera sensação de bem estar e felicidade ao praticante².

E a endorfina não apenas estimula a sensação de bem-estar e melhora o humor, mas ainda funciona como um analgésico, aliviando, inclusive, tensões². Sendo assim, é essencial encontrar um exercício que nos faça feliz.

Leia Mais  As mulheres e as jóias: aliadas perfeitas!!

6. Controle o uso dos eletrônicos

Há tempos o celular deixou ser usado apenas como telefone móvel, e agora ele também é nosso e-mail, nosso despertador, nossa agenda eletrônica, bloquinho de notas, câmera fotográfica, relógio… E isso acaba nos deixando em alerta também e, consequentemente, mais tensos do que poderíamos estar. Controlar o uso é importante para ficarmos mais relaxados.

7. Invista em massagens

Massagens aumentam o nosso grau de relaxamento e ainda podem aliviar diretamente as dores geradas pelo estresse³. Os nós musculares podem ser combatidos com algumas técnicas.

8. Faça compressas de água morna

Compressa quente tem ação analgésica4 e por isso é recomendada para casos de contraturas musculares, como torcicolos. Mas atenção: é preciso usar com moderação. Usar água muito quente, por exemplo, pode causar queimaduras e um problema muito maior que uma dor tensional nas costas. E também não precisa deixar a compressa no local da dor por muito tempo. Normalmente, o recomendado são 20 minutos.

 

Fonte: https://www.msn.com

22/06/2019

Lidérica

Nossa Missão é acolher, conectar e desenvolver mulheres empreendedoras em seus negócios e projetos pessoais através de uma rede de apoio online e presencial.

 

{ Sabedoria da Semana }

Quem está online

Não há usuários online neste momento

Vamos juntas!

X