contato@liderica.com.br

17 reflexões de Shakira sobre a maternidade

“É uma nova dimensão de amor, pelo menos para mim – uma coisa indescritível.”

Shakira tem boas colocações sobre a sua relação com a maternidade.

A cantora e seu companheiro, o jogador de futebol profissional Gerard Piqué, têm 2 filhos, Milan e Sasha. Desde que se tornou mãe, em 2013, Shakira já falou publicamente algumas vezes sobre as dificuldades e alegrias da maternidade real.

A seguir, reunimos 17 reflexões dela sobre a criação dos filhos.

Como a maternidade a transformou

“Ser mãe deslocou o eixo do meu universo. Hoje tudo gira em torno de meus filhos. É uma nova dimensão de amor, pelo menos para mim – uma coisa indescritível. E isso me ajudou a ser mais disciplinada, a seguir mais minha programação, porque sendo mãe você é obrigada a priorizar. Antes eu mandava na minha vida, mas hoje tenho 2 pequenos chefes que mandam em mim.”

O melhor conselho que ela já ouviu sobre como criar seus filhos

“O melhor conselho que já ouvi é que a base de cada nível de desenvolvimento – social, emocional, cognitivo, físico – depende da abundância de amor. É impossível mostrar amor demais por nossos filhos. Quando eles crescem desde muito pequenos em um ambiente de segurança, isso dá a eles espaço irrestrito para desenvolverem seus dons e se transformarem em adultos responsáveis.”

Tecnologia

“É quase impossível negar as inúmeras maneiras em que a tecnologia se integrou às nossas atividades cotidianas, mesmo as mais corriqueiras, e as crianças sentem atração natural por coisas como iPads porque elas oferecem estímulos. Não acho que isso atrapalhe o desenvolvimento delas, e existem muitos apps educativos que podem ser úteis como ferramentas de ensino, mas tampouco é bom que as crianças se tornem dependentes da tecnologia. A criança sempre vai precisar de tempo para sair de casa, brincar com outros e ser criança simplesmente. Encaro a tecnologia como encaro a televisão: é boa em doses moderadas.”

 Os filhos de Shakira se chamam Milan e Sasha.

A música que ela coloca para seus filhos ouvirem

“Ouvimos Frank Sinatra, Billie Holiday, Green Day, Pearl Jam, Carlos Vives, salsa dos velhos tempos― alguma coisa para cada estado de ânimo. Milan curte músicas com muita percussão. Acho que os bebês sentem atração especial por esse tipo de ritmo.”

Leia Mais  Como evitar a Ansiedade no mês das férias [para mães empreendedoras]

Momentos mágicos

“Mais do que um momento particular, acho que provavelmente são mágicos todos os pequenos momentos que passamos juntos trabalhando a linguagem – lendo, aprendendo a reconhecer números e letras. Venho fazendo isso com eles desde antes de eles conseguirem se sentar sozinhos e sempre me espanto quando vejo aquela faísca de entendimento em seus olhos, mesmo em idade tão precoce. Quando finalmente conseguiram verbalizar as palavras que já estavam reconhecendo quando tinham por volta de 18 meses, foi um dos maiores momentos para nós, como pais.”

Os desafios da maternidade

“Sou uma daquelas ‘mamães tigresas’, vivo procurando conselhos e informações online, pesquisando, lendo. Não é fácil ser mãe. É uma das coisas mais difíceis que já fiz na vida. Eu já estive nos palcos mais desafiadores, me apresentando para plateias altamente exigentes, e já estive em reuniões com líderes mundiais, que às vezes deixam a gente um pouco apreensiva, mas nada me deixou tão na dúvida quanto ser mãe. Todos os dias eu me pergunto se estou fazendo a coisa certa. Tudo que quero é ser melhor neste trabalho, o trabalho mais difícil do mundo.”

A fusão das culturas colombiana, espanhola e americana

“Na Espanha os pais falam com seus filhos de igual para igual, e sinto que os filhos reagem de modo semelhante. Mas em todas essas 3 culturas os pais dão muita atenção a seus filhos. Eu e o pai de meus filhos crescemos em famílias muito unidas. Isso nos levou a sermos mãe e pai que demonstramos afeto abertamente.”

A cantora está criando seus filhos para serem bilíngues. 

Criação dos filhos juntamente com seu parceiro

“Gerard é uma pessoa muito pé no chão e que resolve os problemas de modo muito prático. Quando eu me estresso com a organização das coisas, sem saber como dar conta de tudo, Gerard coloca tudo em perspectiva. E ele é minha maior fonte de apoio. Ele e eu somos pai e mãe que metemos a mão na massa, então nem eu nem ele temos a impressão de que só um dos 2 está carregando tudo nas costas sozinho. Mas Gerard deixa as crianças comerem mais chocolate do que eu acho aconselhável.”

Leia Mais  10 mensagens inspiradoras para você enviar no Dia das Mães

A mudança de prioridades

“Ser mãe me obrigou a mudar minhas prioridades e abrir espaço para coisas mais importantes, reconhecendo que existem coisas das quais posso abrir mão e nem por isso a casa vai cair.”

Criando filhos homens

“O fato de serem criados por uma mãe que trabalha já é um começo. Acho que o pai deles é um bom exemplo de homem moderno para nossos filhos seguirem. Gerard e eu dividimos praticamente todas as responsabilidades de criação dos nossos filhos — ainda que eu seja, com certeza, aquela que impõe disciplina.”

Viajar com as crianças

“Antes de levar os meninos numa viagem longa, procuro pesar todos os prós e contras para decidir o que será melhor para eles, se bem que, se dependesse de mim, eu os carregaria comigo para todo lugar. Além disso faço questão de levar todas as vitaminas, os remédios e as coisas que fazem parte do dia a dia deles, para que a mudança de ambiente não seja tão complicada para eles.”

Documentar cada instante

“Um dos momentos mais memoráveis que tivemos com Milan foi quando ele começou a conseguir identificar objetos em fichas. Começamos a mostrar fichas para ele quando ele tinha 6 meses de idade, e ele entendeu imediatamente. Com Sasha, descobri que ele possui musicalidade inata – ele até toca bateria! Documentei esses momentos e inúmeros outros. Sou uma documentadora inveterada.”

“Nem Gerard nem eu sentimos que estamos carregando a criação dos filhos nas costas sozinho”, disse Shakira. 

Criar filhos bilíngues

“Quando a criança pequena associa uma pessoa a uma língua, isso ajuda a minimizar a confusão entre idiomas. O pai dos meninos, por exemplo, sempre fala com eles em catalão. Eu procuro falar com eles principalmente em inglês, mas, quando troco de língua, procuro não misturar duas línguas na mesma sentença. A primeira palavra que os dois pronunciaram foi ‘mamá’.”

Preparar-se para ter filhos

“Reconheço que sou uma daquelas mães. Devo ter lido todos os livros e baixado todos os apps de gravidez que existem. Esses materiais são informativos, e acho bom ter lido. Acho que é uma vantagem se informar. Mas tentar prever como será seu filho é mais ou menos tão útil quanto consultar uma bola de cristal. Em última análise, não existem atalhos para aprender a ser mãe ou pai. Tenho certeza que cometi erros, e provavelmente há muitas coisas que ainda vou continuar tentando fazer melhor. Mas uma coisa que se destaca para mim como algo para o qual livro algum poderia ter me preparado é o jeito como o coração da gente explode, da melhor maneira possível, desde o primeiro instante em que você conhece seu filho cara a cara e cada vez que ele começa a revelar a personalidade dele, à medida que vai crescendo.”

Leia Mais  Como a maternidade pode torná-la uma profissional melhor

Crescer juntamente com os filhos

“Quanto mais velhos eles ficam, mais interessantes são os desafios. Meus filhos ainda são pequenos, mas eles me obrigam a ficar atenta o tempo todo, preparada para tudo e me forçam a me educar mais, já que estou trabalhando para educá-los junto com seus professores.”

Shakira fala abertamente das dificuldades e alegrias de ser mãe. 

Reavaliar sua carreira

“Uma das coisas de ser mãe é que isso te mostra toda uma outra dimensão do amor que é diferente de qualquer outra. Mas há outras mudanças, menores, que, embora possam não parecer tão profundas, também são importantes. Desde que me tornei mãe, isso me obrigou a ir reavaliando minhas prioridades pouco a pouco. Hoje eu não fico mais em um estúdio até as 3h da manhã trabalhando um único compasso de percussão. Tive que aprender a soltar as rédeas um pouquinho. Tenho uma família em casa e ela precisa de mim. Mas, em vez de me sentir obrigada a escolher entre família e trabalho, ter um filho me ajudou a organizar meu tempo e deu mais sentido a tudo o que faço. Trouxe mais disciplina e estrutura para minha vida, e isso contribui para um sentimento geral de equilíbrio.”

A maior meta de Shakira como mãe

“O amor é a coisa mais crucial. É o que realmente vai ajudar as crianças a florescer mais tarde na vida. Essa é a pergunta que eu me faço todos os dias quando acordo. ‘Estou fazendo meus filhos se sentirem amados?’ É meu pão de cada dia. O eterno ponto de interrogação… Porque sei que o amor será o elemento mais indispensável, aquele que dará segurança a eles na vida.”

*Este texto foi originalmente publicado no HuffPost US e traduzido do inglês.

29/04/2019

Lidérica

Nossa Missão é acolher, conectar e desenvolver mulheres empreendedoras em seus negócios e projetos pessoais através de uma rede de apoio online e presencial.

 

{ Sabedoria da Semana }

Quem está online

Não há usuários online neste momento

Vamos juntas!

X